Word of the week é uma publicação semanal de dicas de itens de vocabulário que parecem ter chamado a atenção do examinador em compositions (no quesito Qualidade da Linguagem) de concursos passados. Sempre que possível, ela também traz dicas de usage e de synonyms relacionadas a esses itens.

Demeanor

Demeanor é um substativo que quer dizer, segundo o Dicionário Porto, “comportamento; procedimento; conduta”. Também pode ser escrito, na variante britânica, adicionando um “u” (demeanour) e é considerado por vários dicionários como formal. Veja alguns exemplos:

His demeanor in court is usually quiet and timid.

The director of the opera company has a haughty demeanor that can be irritating.

The boss has a calm, reassuring demeanor.

Alguns de seus synonyms são bearing, behavior deportment.

Uma expressão comum com a palavra demeanor é someone’s demeanor slips, que quer dizer algo como “cair a máscara”, no sentido de as pessoas começarem a ver o que certa pessoa realmente pensa ou é. Por exemplo:

Glyn’s calm demeanor seemed to be slipping.

‘Of course,’ she said quickly, her professional demeanor never slipping.

Cheers!

Fontes:

Macmillan Dictionary

Longman Dictionary Online

Merriam-Webster’s Online Dictionary

Dicionário Porto

Ler que alguém teve uma “cavalier attitude” com relação a algo poderia, em um primeiro momento, nos levar a pensar que a atitude tivesse sido algo como cavalheiresca, mas… trata-se do contrário!

“Cavalier” (adj.) quer dizer:

– “arrogante, desdenhoso”: He displayed a cavalier attitude towards his reports (“Ele tinha uma atitude arrogante para com seus subordinados”)

– “displicente, negligente”: The doctor is troubled by the cavalier way his patients are handled at public hospitals (“O médico está abalado com a maneira negligente com que seus pacientes são tratados nos hospitais públicos”)

Como dizer “cavalheiresco”?

Você pode dizer “gentlemanly” (adj.): He is too gentlemanly to accept that sort of thing (“Ele é muito cavalheiresco para aceitar esse tipo de coisa”). Outras opções são “chivalrous” e “gallant”.

Outras palavras que poderiam ser confundidas são “cavaleiro” (s.) (horseman) e “cavalheiro” (s.) (gentleman).

Cheers!

Fontes:

LANDO, Isa Mara. Vocabulando: vocabulário prático inglês-português: from ability to zest. São Paulo: Disal, 2006.

SANTOS, Agenor Soares dos. Guia Prático de Tradução Inglesa: como evitar as armadilhas das falsas semelhanças. Rio de Janeiro: Elsevier, 2007.

Dicionário Porto

Word of the week é uma publicação semanal de dicas de itens de vocabulário que parecem ter chamado a atenção do examinador em compositions (no quesito Qualidade da Linguagem) de concursos passados. Sempre que possível, ela também traz dicas de usage e de synonyms relacionadas a esses itens.

Leave aside

Leave aside é um phrasal verb que tem o sentido de não levar em consideração algo para que se possa discutir outro assunto. Veja alguns exemplos:

Leaving aside the question of cost, how many people do we need on the job?

Leaving aside the financial implications, do you really believe your proposal will solve our problems?

Leaving aside the heat, we really enjoyed our holiday.

Note que leave aside é um transitive verb, o que significa que ele sempre requer um direct object.

No Cambridge Advanced Learners Dictionaryleave aside put aside têm o mesmo sentido.

Cheers!

Fontes:

Macmillan Dictionary

Longman Dictionary Online

Cambridge Advanced Learners Dictionary

O título de um artigo recente da revista Foreign Affairs é Nigeria’s countless casualties (February 9th 2015). “Casualty” (s.) não quer dizer “casualidade”, mas sim:

– “vítima, baixa, perda”: The factory was a casualty of recession (“A fábrica foi uma vítima da recessão”)

Esse substantivo é geralmente usado no plural, com o sentido de:

– “perdas, mortos e feridos”: Battlefield casualties were high (“Houve muitos mortos e feridos no campo de batalha”)

Outra acepção do termo é:

– “pronto-socorro”: He was taken to casualty (“Ele foi levado ao pronto-socorro”)

Como dizer “casualidade”?

Você pode dizer “chance” ou “accident”: I met him by chance (“Eu o conheci por casualidade / por acaso”)

Cheers!

Fontes:

LANDO, Isa Mara. Vocabulando: vocabulário prático inglês-português: from ability to zest. São Paulo: Disal, 2006.

SANTOS, Agenor Soares dos. Guia Prático de Tradução Inglesa: como evitar as armadilhas das falsas semelhanças. Rio de Janeiro: Elsevier, 2007.

Macmillan Dictionary

Dicionário Porto

Word of the week é uma publicação semanal de dicas de itens de vocabulário que parecem ter chamado a atenção do examinador em compositions (no quesito Qualidade da Linguagem) de concursos passados. Sempre que possível, ela também traz dicas de usage e de synonyms relacionadas a esses itens.

Detrimental

Detrimental é um adjetivo que faz referência a algo que é prejudicial. O Longman Dictionary Online categoriza esse adjetivo como formal. Veja alguns exemplos:

Overexposure to sunlight can have a detrimental effect on the skin.

the detrimental effects of pollution on the environment. 

Note que, em termos de collocation, a preposição regida por detrimental é to:

This move could be seriously detrimental to the economy.

Smoking is detrimental to your health.

The factory’s waste was detrimental to the local environment.

Ainda no que diz respeito a collocationsdetrimental é geralmente usado com verbos como be, prove, seem, become e com os advérbios como extremely, highly, very, seriously, positivelyrather. Note que positively, nesse caso, faz referência a algo que é definitivo: sugar is positively detrimental to bodybuilding.

Alguns synonyms de detrimental são: adverse, deleterious, harmful, pernicious etc. Por sua vez, alguns de seus antonyms são: benign, harmless, innocuous etc.

Dicionário Porto traduz detrimental como “prejudicial; nocivo” e traduz a expressão to have a detrimental effect on como “fazer mal a”.

Cheers!

Fontes:

Macmillan Dictionary

Longman Dictionary Online

Merriam-Webster’s Online Dictionary

Oxford Collocations Dictionary

Dicionário Porto

Na língua inglesa, é possível usar um substantivo (noun) para modificar outro substantivo, funcionando assim como se fosse um adjetivo. Quando usado dessa forma, chamamos esse substantivo de attributive noun ou noun adjunct. No caso, por exemplo, de chicken soupchicken é um attibutive noun que modifica o substativo soup.

Attributive nouns são bastante comuns na língua inglesa, porém seu uso pode, por vezes, causar ambiguidade e/ou falta de clareza. Como essa estrutura noun + noun não apresenta elementos que conectem esses substantivos, como preposições ou mesmo apóstrofos, a relação entre os substantivos acaba dependendo das inferências do interlocutor. Por exemplo, na manchete Woman Killer At Large, é difícil determinar, sem conhecer o  contexto, se a reportagem é sobre uma mulher assassina ou sobre um assassino de mulheres. Da mesma forma, se não conhecermos o jargão health information science, poderíamos crer que isso é algo que esteja relacionado a the science of health information ou a the information science of health.

Essa possibilidade de falta de clareza e/ou ambiguidade também é verificada quando uma série de substantivos (noun string) é usada para modificar um outro substantivo. Na frase “MHS has a hospital employee relations improvement program“, perceba que o noun string consiste de cinco substantivos e que isso pode gerar alguma dificuldade de compreensão. Para que essa frase fique mais clara, ela poderia ser escrita da seguinte forma: “MHS has a program to improve relations among hospital employees“.

Para evitar noun strings, é preciso, portanto, transformar substantivos em verbos, usar preposições etc. É claro que isso geralmente torna a linguagem menos concisa (o que é uma preocupação legítima principalmente na tarefa Summary), mas expressar ideias com clareza é tão importante quanto ser conciso – além disso, há outras formas de escrever um texto conciso. Por isso, seguem alguns exemplos de noun strings seguidos de estruturas melhoradas com o objetivo de mostrar não só como a falta de clareza é comum em casos de noun strings, mas também quais estratégias, em termos de substituição de palavras, podem ser usadas para tornar um texto mais claro.

Noun string: NASA continues to work on the International Space Station astronaut living-quarters module development project.

Improved structure: NASA is still developing the module that will provide living quarters for the astronauts aboard the International Space Station.

Noun stringMunicipal Solid Waste Classification Methodology

Improved structure: Methodology for Classifying Municipal Solid Waste

Noun stringUnderground Mine Worker Safety Protection Procedures

Improved structure: Procedures for Protecting the Safety of Mine Workers

Cheers!

Fontes:

MURPHY, Raymond. English Grammar in Use. Cambridge: Cambridge University Press, 2003.

The Writing Center @ The University of Winsconsin – Madison

The UVic Writer’s Guide

Wikipedia

Conhecer falsos cognatos é essencial nas provas de inglês do CACD, especialmente nas tarefas de tradução. No artigo Zombies in the cloud (The Economist, April 11th 2015), por exemplo, podemos ler a frase: “Actual government sites have also been hijacked, such as that of the Anhui provincial land and resources bureau […]”. Traduzir “actual” como “atual” seria incorreto, já que essa palavra é um false friend.

“Actual” (adj.) não quer dizer “atual”*. Trata-se de um adjetivo que pode ser traduzido como:

– “real, verdadeiro, efetivo”: the actual cost of goods (“o custo real das mercadorias”)

– “propriamente dito; em si”: There is much more in this treaty than its actual text (“Há muito mais neste tratado do que o texto em si”)

– “textual; exato”: These are his actual words (“São estas suas palavras textuais”)

Nesse sentido, vale comentar que assim como “actual” não quer dizer “atual”, “actually” (adv.) não quer dizer “atualmente”, mas sim:

– “realmente; mesmo”: None of us had actually seen the contract (“Nenhum de nós tinha realmente visto o contrato”)

– “na verdade; em rigor”: Actually, it was not so (“Na verdade, não foi assim”)

O advérbio inclusive é com frequência usado para dar ênfase a algo:

He actually spoke Hebrew and Arabic (“Ele até falava hebraico e árabe”)

He actually said he would leave us (“Ele chegou a dizer que nos deixaria”)

Como dizer “atual”?

“Atual”, em inglês, é “current”: There are several reasons for the current political situation.

Cheers!

Fontes:

LANDO, Isa Mara. Vocabulando: vocabulário prático inglês-português: from ability to zest. São Paulo: Disal, 2006.

SANTOS, Agenor Soares dos. Guia Prático de Tradução Inglesa: como evitar as armadilhas das falsas semelhanças. Rio de Janeiro: Elsevier, 2007.

Macmillan Dictionary

* O Guia Prático de Tradução Inglesa faz uma ressalva, entretanto, afirmando que “actual” só que dizer “atual” em linguagem técnica, como “actual neurosis” (um conceito da psicanálise)